Blog

Venda suas milhas aéreas para a ADB Turismo

Compreender o funcionamento e usar bem suas milhas é algo que gera muitas dúvidas, não é mesmo? Tem muita gente que já está por dentro e sabe todas as dicas para acumular e usar, já outros nem sabem dizer em qual programa estão.

Como tudo na vida, usar bem milhas requer atenção, dedicação e alguns conhecimentos. As milhas ou programas de milhagem foram a maneira encontrada pelas companhias aéreas de fidelizar e recompensar o viajante. Em geral, a cada 1 milha voada o passageiro recebe uma milha-prêmio, que depois de uma certa quantidade acumulada pode ser trocada por passagens aéreas ou upgrades.

Passagens promocionais costumam render menos milhas e as classes superiores premiam mais. Quanto mais se viaja, mais importante o passageiro se torna para a empresa. Faça a inscrição no programa de milhagem da companhia aérea que você utiliza mais e não de todas que aparecem na sua frente. Pense nas milhas como uma poupança: quanto mais você tiver num mesmo lugar, maior será a quantidade obtida.

Uma das maneiras mais usuais de acumular milhas é usando o cartão de crédito. Veja com seu banco se o seu cartão te dá esse tipo de benefício. Com um cartão de crédito você consegue transformar o valor da fatura em milhas. Os valores dependem de cada cartão e banco, mas o costume é que a cada R$ 1 pago da sua fatura, você consiga acumular 1 milha. Se sua fatura for, por exemplo, R$ 1.000, você acumulará automaticamente 1000 pontos. Há também outras formas de acumular milhas sem viajar: alguns oferecem milhas em compras de lojas e postos de gasolina, entre outros.

No Brasil, todas as grandes empresas têm programas de milhas: a TAM com o Fidelidade, a GOL com o Smiles, e a Azul com o TudoAzul. A criação das milhas foi uma forma de fidelizar o viajante, então não adianta nada viajar um dia com a companhia X e no outro com Y e, ainda assim, querer acumular muitas milhas em ambas.

Através dessas alianças, diversas companhias aéreas pelo mundo se juntam permitindo que o viajante de uma companhia aérea X, consiga emitir uma passagem numa companhia Y, da mesma aliança.

Outra dica muito importante: toda vez que você se cadastra num programa de milhas é gerado um número e senha de acesso ao site do programa. Com isso, você consegue entrar no sistema de cada empresa e conferir todas as informações de quantas você possui, quantas são necessárias para voar num determinado trecho daquela companhia ou o que falta para voar em outra companhia aérea da mesma aliança e quando elas vão expirar.

No caso de querer usar suas milhas para uma companhia aérea parceira, ou de mesma aliança, muitas vezes é necessário fazer esse procedimento por telefone, ligando para a companhia aérea que você tem seus pontos. A mesma situação serve também para upgrades. Vale conferir todas as regras específicas no site de cada programa de milhagem para esclarecer as dúvidas.

Compramos suas milhas

Algo recorrente no mercado atual é a venda de milhas entre usuários ou programas específicos. Mas afinal de contas, é uma prática vantajosa? Vender milhas é a melhor opção? A resposta lógica é sim! Afinal, não é o seu programa de fidelidade que irá determinar o valor das milhas. Quem determina são operadoras de milhas e opções não faltam no mercado.

E, claro, com o dinheiro em mãos, você pode procurar passagens mais baratas ou mesmo pagar contas, investir seu dinheiro, sem se limitar as opções dadas pelas companhias de milhagem. Ficou interessado? Entre em contato com a ADB Turismo e faça uma cotação!

Tags: , , ,